Monolitten – Oslo, Noruega

Monolitten é a escultura central do Parque Vigeland, que como o nome deixa claro se trata de uma peça monolítica de granito com 14 metros de altura. Simboliza várias pessoas tentando alcançar o céu num complexo emaranhado. Por sorte essa e outras esculturas com corpos nus (inclusive de crianças) encontra-se na Noruega, se fosse por aqui de certo que carochinhas com pudor seletivo já teriam tentado fechar o parque ou cobrir tanta “safadeza”. Maio/2012.

Placeta Cristo de las Azucenas – Granada, Espanha

Vista da varanda do nosso Airbnb em Albaicín, centro histórico de Granada. Essa área da cidade possui muitas praças/mirantes por estar implantada num morro com vista privilegiada sobre o restante da cidade. Por ser um dos bairros mais antigos e preservados de Granada, as ruas estreitas e sinuosas são um grande desafio para o tráfego de carros, tanto que existem horários de restrição de circulação e acesso à área. Janeiro/2017.

Dyrehaven – Copenhagen, Dinamarca

Dyrehaven significa “parque dos cervos” em Dinamarquês, e se deve ao fato de abrigar mais de 2000 cervos soltos em sua área. O parque está localizado ao Norte de Copenhagen e possui extensa área de floresta, alguns lagos (que estavam parcialmente congelados neste dia) e algumas áreas descampadas. Dezembro/2016.

Sankt Petri Church – Malmö, Suécia

Antes de irmos visitar a Turning Torso aproveitamos para conhecer o centro histórico de Malmö, que apesar de bem pequeno é muito bonito e organizado. Infelizmente a névoa pesada não colaborou para boas fotos nesse dia. Na foto, a torre de 105 metros da igreja Luterana de São Pedro, uma das construções mais altas do centro e que teve sua construção iniciada no século XIV. Dezembro/2016.

Escadaria da Bica – Lisboa, Portugal

Chegamos em Lisboa no dia 31 de Dezembro na parte da tarde e por conta do réveillon não conseguimos fazer muito a não ser comer algo e descansar para a noite da virada. Fomos para o centro para jantar e depois ficamos na Praça do Comércio bebendo vinho e esperando a queima de fogos. O primeiro dia do ano foi todo ocupado por um passeio pelos pontos mais famosos da região central para matar a saudade das ladeiras, escadarias e miradouros de Lisboa. Janeiro/2017.

Nyhavn – Copenhagen, Dinamarca

Fomos a Copenhagen principalmente para visitar um grande amigo. Durante nossa curta estada visitamos os principais pontos turísticos da cidade e enfrentamos bastante frio. No segundo dia na cidade fizemos um passeio de barco para que pudéssemos ver a cidade de um outro ângulo. Na foto, o canal de Nyhavn, ponto de partida do tal passeio e que atualmente é uma área majoritariamente de bares e restaurantes. Dezembro/2016.