Sts. Peter and Paul Parish – Bantayan, Filipinas

DSC_4879

No último dia nas Filipinas estávamos numa pequena ilha, não muito turística ao Norte de Cebu. Decidimos conhecer o centro da cidade na parte da manhã e nos deparamos com esse casamento na igreja matriz. A igreja é uma das mais antigas do país, e seu interior em pedra com uma espécie de musgo impregnado é algo muito peculiar. Na foto, o casal de noivos no altar da igreja.

Anúncios

Loay Interior Road – Bohol, Filipinas

DSC_4757

No final do segundo dia fomos visitar a peculiar formação conhecida como Chocolate Hills, já publicada aqui no blog anteriormente. Para chegarmos até lá alugamos uma van com motorista. A foto resume parte da emoção que foi esse trajeto de menos de 100Km… Se não conseguiu entender muito bem, é uma ultrapassagem sendo feita em uma curva em aclive, com um caminhão descendo no outro sentido e uma van com passageiros no teto do outro lado, tudo bem seguro, hahahah. Esse é o padrão do trânsito de grande parte do Sudeste Asiático.

Virgin Island – Bohol, Filipinas

DSC_4741

No segundo dia por Bohol fomos logo cedo num passeio para duas ilhas que incluía snorkel sobre corais muito bonitos. Na foto, a segunda ilha, que como pode ser visto é bem pequena e tem uma prolongação estreita em um dos lados (onde o barco está ancorado). Não tinha muito o que fazer por lá a não ser descansar e tomar água de côco, dureza né?

Bayan Ng Loon – Bohol, Filipinas

DSC_4660

A primeira viagem para o sudeste asiático começou nas Filipinas, já com bastante novidade. Para chegar no primeiro destino, a Ilha de Bohol, pegamos uma balsa por mais ou menos uma hora e meia, e depois um tuk-tuk (um dos meios de transporte mais comuns por lá) por mais umas três horas. Na foto, uma das áreas comerciais da ilha com vários tuk-tuks estacionados à frente.

The Big Merino – Goulburn, Australia

DSC_3770

Como mencionei no post anterior, Goulburn foi o destino principal da viagem. Alguns amigos compraram uma promoção de salto de paraquedas de uma empresa que operava no aeroclube da cidade. Fomos para lá basicamente para fazer o salto pela manhã e depois do almoço já voltamos para Sydney. Nas pesquisas que fiz sobre a cidade na internet vi a foto dessa “escultura” da foto. Por coincidência passamos em frente dela e fiz essa foto. Para quem estuda ou estudou arquitetura, o prédio remete bastante àquela teoria do Pato x Galpão decorado.

Anzac Park – Canberra, Australia

DSC_3559

Aproveitamos uma viagem para Goulburn para conhecer a capital australiana, Canberra. Assim como Brasília, ela é uma cidade planejada. As avenidas e eixos monumentais são bem imponentes e arborizados. A vista panorâmica de uma das montanhas próximas é muito bonita e permite um bom entendimento do desenho urbano. Na foto, a avenida Anzac Park.

Wentworth Falls – Blue Mountains, Australia

DSC_3525

Blue Mountains é uma região montanhosa próxima de Sydney famosa pelo seu complexo natural. A área é assim conhecida pelo efeito azul que as partículas liberadas pela vegetação local produzem no horizonte distante. Nas 3 vezes que estive por lá não vi nada tão impressionantemente azul, por isso acho que a região merece ser visitada sim, mas por todo o conjunto e não apenas por esse efeito. Por lá existem várias trilhas, vistas e cachoeiras, bem como atividades pagas para serem exploradas. Na foto, uma das muitas trilhas disponíveis, e como muitas outras contra indicada para quem tem medo de altura.